to top

Guia revela medidas adequadas para a exposição solar segura

Quando recebi este material sobre as medidas adequadas para a exposição solar fiquei aliviada e um pouco mais cuidadosa do que já sou com relação ao sol. Mas isso nem sempre foi assim. Eu tenho a pele muito branca, meu filho tem a pele muito branca, e desde pequena eu tinha preguiça de passar protetor solar em mim e dizia para a minha mãe quando ela perguntava se eu tinha passado que sim. Até que depois de alguns torrões e do juízo comecei a cuidar, realmente da minha pele.  E agora com o João Henrique, o cuidado mais do que triplicou!

A Sociedade Brasileira de Pediatra, com o apoio da Johnson & Johnson, lançou o Guia de Fotoproteção na Criança e no Adolescente. O material, desenvolvido por profissionais de várias especialidades – de médicos à meteorologistas e químicos, aborda as medidas adequadas de fotoproteção na infância e na adolescência, os principais riscos associados à exposição solar excessiva e os prós e contras da exposição solar como tratamento para algumas condições ou patologias.

Roupas com proteção solar aqui em casa são itens obrigatórios! <3

A primeira vez que fui fazer a minha limpeza de pele (que vai ter post contando tim, tim por tim) lá com as minhas amadas da Esteticistas Associadas, a Ana me disse: “Verô, cuida bem dessa tua pele. E começa desde pequeno a cuidar da pele do João Henrique. Pois o nosso corpo tem uma memória incrível, e isso inclui a memória do sol. Passa sempre protetor solar em ti e no João”.  É um carinho, né? Então aí vão as dicas!

Roupas: aliadas da proteção solar

Além do protetor solar, a proteção oferecida pelas roupas, bonés e óculos que possuem proteção UV também é bem-vinda. O náilon, a seda e o poliéster têm maior fator de proteção do que o algodão, a viscose, o rayon e o linho. Quanto menor os espaços entre os fios do tecido e maior o peso e a espessura do mesmo, maior a proteção. Além disso, as colorações escuras aumentam a proteção 3 a 5 vezes, e as roupas, quando molhadas, perdem metade do FPS.

Influência dos fatores geográficos e meteorológicos

Além da altitude e latitude, a reflexão da superfície também pode determinar variações nos fluxos de Raio UV. O que a maioria das pessoas desconhece é que até a grama, a areia úmida e o asfalto refletem os R-UVs, entre 1% a 5%; enquanto superfícies como a neve fresca podem refletir mais de 90% da R-UV.*

Melhores medidas de proteção solar para todas as idades

• Abaixo dos 6 meses de idade: evitar a exposição direta ao sol. Utilizar protetores mecânicos como sombrinhas, guarda-sóis, bonés e roupas. Na loja João e Maria, que fica na Morom 1356 sala 02, que é nossa parceira aqui do blog descobri que existem roupas com proteção solar desde o tamanho P de bebê. <3 #émuitoamor
• Entre 6 meses e 2 anos de idade: estão indicados os filtros inorgânicos (físicos) pela menor capacidade de provocar alergias, alta resistência à água e proteção imediata.
 A partir dos 2 anos: podem ser utilizados os filtros químicos infantis (protetor-solar).

Relação custo X benefício da exposição solar

O Guia conclui que os riscos da exposição sem proteção superam os benefícios, mesmo nos discutidos casos de icterícia neonatal e déficit de Vitamina D. As atividades recreativas e esportivas ao ar livre fazem parte da infância e adolescência, portanto, não devem ser desestimuladas, considerando que é impraticável o estabelecimento da restrição total de exposição solar, principalmente nesta fase da vida. Desta forma, é importante que todas as medidas de proteção solar sejam adotadas pela população durante todo o ano, mesmo em dias nublados ou de menor temperatura.

MOVIMENTO DE EDUCAÇÃO PARA PROTEÇÃO SOLAR

O Brasil é um dos países com maior incidência de raios UVA/UVB e, mesmo durante o inverno, os níveis continuam alto. O sol está presente no dia a dia, e o cuidado pleno só existe quando este hábito é incorporado à rotina.

Link para o material completo: http://www.sbp.com.br/cuidados-com-a-pele 

O material é muito rico e pode ser impresso. Vale muito a pena ter em casa o guia!

*Correa MdP, Ceballos JC. Uvb surface albedo measurements using biometers. Rev Bras Geof. 2008;26:411-6.

Com informações da assessoria de imprensa da Johnson & Johnson do Brasil Ltda*

Verônica Muccini

Verônica Muccini é jornalista, mas brinca que tem a alma de Relações Públicas, porém foi na maternidade que descobriu o seu maior desafio. Divide as suas angústias, conquistas e trapalhadas com o pequeno João Henrique aqui no Depois da Chegada.

Deixe o seu comentário...