to top

“Infância não é fase de construir currículo” , afirma o pediatra Daniel Becker

A infância é um dos momentos mais especiais, e únicos, que os nossos filhos tem. Precisamos realmente torna-los mini-executivos com 5 anos de idade? Muito do que penso está nesta entrevista de um dos pediatras que eu mais respeito neste Brasil. Daniel Becker, ele tem uma página no facebook o Pediatria Integral. Maravilhosa!

Daniel Becker, pediatra e pesquisador do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro, concedeu uma singular entrevista à Revista Exame, precisamente à repórter Camila Almeida, falando sobre as agendas a cada dia mais preenchidas das crianças de hoje, reflexo da preocupação de seus pais com a competitividade dos nossos dias ou mesmo reflexo da própria competitividade dos pais.

O entrevistado é um dos criadores programa Saúde da Família e alerta: uma das possíveis consequências desse comportamento dos pais é gerar filhos competitivos e individualistas.

 

Mitos e verdades sobre mudanças no estilo de vida

Você sempre sonhou em ter um estilo de vida melhor. Hábitos saudáveis. Adotar bons hábitos de vida faz parte do processo de qualquer pessoa que deseja melhorar sua saúde e bem-estar. Sabe-se que uma alimentação saudável aliada à prática regular de atividade física proporciona inúmeros benefícios ao corpo e à mente, reduzindo a incidência e o risco de doenças metabólicas como obesidade, hipertensão e diabetes tipo 2 e, também, de males diversos, como depressão, stress, câncer, entre outros. Porém, sem indicação médica e conhecimento, a transformação de alguns hábitos pode ser tão prejudicial quanto o fator de risco original.

Como controlar o consumo infantil de ovos de chocolate?

A Páscoa passou e com ela vieram os ovos de chocolate. E a pergunta é: “Como fazer com que as crianças consumam apenas o permitido por dia?” A reposta? Recolha todos os chocolates e controle! As inúmeras opções de ovos de Páscoa com temas infantis são grandes atrativos para o consumo de chocolate entre as crianças. Mesmo que somente neste período, a ingestão do produto pelos pequenos tem a capacidade de mudar a rotina alimentar.

Amamentar filhos adotivos? Sim, é possível! A Ângela conseguiu

Aconselho você a pegar um lencinho antes de começar a ler esta história. Tenho certeza que você irá se emocionar. Muito! Agora, vamos lá… a realidade brasileira de crianças para adoção é um tanto quanto de nos deixar tristes. Mas, inversamente proporcional e talvez até o dobro é a vontade e o amor de mulheres que por um motivo ou outro não puderam gerar uma vida, mas querem – muito – serem mães, pais. Terem uma família.

A Ângela Dalmoro, de Passo Fundo tinha este sonho. Ter uma família e claro: filhos. Até que seu menino chegou, lindo saudável depois de uma longa fila de espera. Mas o sonho de Ângela não tinha chego ao fim, ela queria amamentar e sabia que com orientação ela iria conseguir. Não desistiu, foi atrás de profissionais para lhe ajudarem, e ela conseguiu. Está amamentando o seu filho adotivo David!  <3

Seria só mais uma mamãe amamentando, se eu não te contasse que David é filho adotivo. E que a Ângela está conseguindo o amamentar!

Coleção de inverno da Hering Kids traz referências do Japão, Peru e África do Sul

Apesar do calor que continua o friozinho está chegando aos pouquinhos, e com o crescer dos filhos, a gente consegue montar alguns looks dos pequenos muuuuuuito fofos! E a Fran da João e Maria me mostrou algumas novidades que vão chegar para os meninos para o inverno, e a mamãe aqui pirou! A João e Maria é uma das lojas que eu indico e que tem muita coisa bacana e eu visto o João a muito tempo lá e uma das marcas que a Fran tem é a Hering Kids. Que eu amo a qualidade das roupas, além de serem super confortáveis. Sem falar no custo benefício da marca.

Calça jeans e crianças é uma combinação que é muitooooo amor!

Como escolher o buffet infantil

O tempo passou muito rápido e já foi um mês do aniversário de três aninhos do João no buffet. Parece que foi ontem que ele nasceu. Este ano João pediu para fazer aniversário em um lugar que tivesse brinquedão! Ele havia ido na festa de um amigo em uma casa de festas e voltou encantado. Nos anos anteriores havíamos feito em salão de festas e as brincadeiras foram caseiras (o que também amo!). Mas este ano, por ele já lembrar resolvemos fazer diferente.

E parece que foi ontem que organizei tudo para a festinha dele. Quando decidi fazer na Alegria Festas tinha elencado alguns cuidados para escolher a casa e neste post conto eles para vocês.

Os brinquedos que ele taaaaaaaaanto queria! Será que ele amou a festa dele? <3

As transformações do corpo de uma mãe

Engravidamos, gestamos, parimos e com isso acontecem as nossas transformações. E amamos muito as nossas crias. Ninguém duvida. Mas o que ninguém realmente conta é como nós mudamos. Ah se mudamos! Mudanças emocionais, e físicas. Muitas mudanças físicas. Os quilos vem, os quilos vão. O efeito ioiô começa. A balança muda o ponteiro, e com isso vem a constante insatisfação com si.

Sempre fui cheinha, entre vindas e vindas de emagrece e engorda com 21 anos fiz redução de estômago. Emagreci 40 kg. Foi o meu presente de formatura. O melhor presente que eu poderia receber. Cuidar de mim. Nunca tive problemas com restrição de alimentos, apenas preciso comer com calma, respirar, descansar os talheres e a ansiedade para não descontar na comida.

Aquela foto que significa mais do que apenas uma foto de biquíni. Significa, eu consegui!

Fotografia 24 horas, a vida despida perante as câmeras

Li essa definição de fotografia documental e simplesmente é a mais pura verdade:

“A fotografia documental é investigativa, de olhar atencioso e comprometido com a história que espera para ser contada através do registro fotográfico. É um trabalho geralmente repleto de uma poesia e delicadeza. O quanto de uma alma você pode saber em uma imagem? Este gênero fotográfico te entrega alma, histórias, vidas despidas perante as câmeras.”

Como identificar se um petisco é saudável

Sempre chega a hora que bate aquela fominha entre as refeições, não é verdade? E para “enganar o estômago”, sem cometer exageros, surgiram no mercado inúmeros produtos e petiscos que prometem praticidade aliada a um apelo “fit“, como é o caso de biscoitos, cookies e snacks.

Mas será que esses “petiscos” fora de hora são realmente nutritivos e fazem bem?

Para saber um pouco mais sobre o que você está comendo, a orientação é ler o rótulo das embalagens. Para facilitar seu entendimento, trazemos algumas dicas que podem te ajudar nesta missão.