to top

O ano que nossa família renasceu

Ao ler este título: o ano que nossa família renasceu, em uma primeira impressão, é deveras forte, não é não? E aí você me pergunta, ou deve se perguntar: mas antes, vocês não eram família? Te respondo, claro que éramos! Mas o ano foi de nós descobrimos, nos unirmos e renascermos.

Em fevereiro de 2018 resolvemos nos mudar. Morávamos em Passo Fundo. Próximos de todos os nossos familiares, pais, avós, primos, todos os amigos de infância, da faculdade… da vida. Henrique, meu marido já estava morando em Dois Irmãos a nove meses, uma gestação. Quando ele foi João estava na metade do ano letivo em Passo Fundo, na escola que ele nasceu, praticamente, e que conhecia como a palma da mão dele.

“Infância não é fase de construir currículo” , afirma o pediatra Daniel Becker

A infância é um dos momentos mais especiais, e únicos, que os nossos filhos tem. Precisamos realmente torna-los mini-executivos com 5 anos de idade? Muito do que penso está nesta entrevista de um dos pediatras que eu mais respeito neste Brasil. Daniel Becker, ele tem uma página no facebook o Pediatria Integral. Maravilhosa!

Daniel Becker, pediatra e pesquisador do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro, concedeu uma singular entrevista à Revista Exame, precisamente à repórter Camila Almeida, falando sobre as agendas a cada dia mais preenchidas das crianças de hoje, reflexo da preocupação de seus pais com a competitividade dos nossos dias ou mesmo reflexo da própria competitividade dos pais.

O entrevistado é um dos criadores programa Saúde da Família e alerta: uma das possíveis consequências desse comportamento dos pais é gerar filhos competitivos e individualistas.

 

Dia Internacional do Livro Infantil: 5 ensinamentos de “O Pequeno Príncipe”

A partir de agora aqui no blog teremos sempre dicas de livros. Livros infantis, para a família, para as mamães, para os papais. Livros, afinal ele abre o mundo todo, em um folear de dedos. E o Dia Internacional do Livro Infantil, comemorado anualmente em 2 de abril, tem a intenção incentivar e conscientizar sobre a importância do gênero literário para a formação de novos leitores, pois por meio deles é possível disseminar valores morais e éticos.

Um dos primeiros livros que todas as crianças leem é o clássico “O Pequeno Príncipe”, principal obra do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, publicado pela primeira vez em 1943. O título completa 75 anos no próximo dia 6 de abril, e atualmente ocupa o posto de terceiro livro mais traduzido do mundo, e um dos mais vendidos de todo o planeta.